Resumo

Este artigo pretende apontar e analisar os objetivos, critérios, escolha de setores prioritários e contrapartidas necessários para a implementação de uma moderna política industrial no Brasil. Além de resgatar uma discussão que nunca perdeu o caráter de controvérsia desde a publicação de A riqueza das nações, de Adam Smith, ele pretende contribuir, no final das contas, com sugestões práticas, que vão desde a discussão dos critérios gerais para a adoção de políticas setoriais até a recomendação dos segmentos e cadeias produtivas que deveriam ser fixados como prioritários, tendo em vista aspectos teóricos e empíricos.

Autor

André Nassif




Projetos Relacionados